top of page
Senna-Prost-lado-a-lado.jpg

PERFORMANCES EM CAMPEONATOS DOS GRANDES PILOTOS PARA SEUS COMPANHEIROS DE EQUIPES:

 

O Critério de Performance em Campeonatos é bem simples: se o piloto foi batido em campeonatos por companheiros de equipe e quem o bateu. Se o piloto correu menos corridas que seu companheiro de equipe eu considerei apenas as corridas que correram juntos.

NUNCA FOI BATIDO DENTRO DA EQUIPE:

Hunt (0): Nenhuma vez

OBS: Hunt teve poucos companheiros realmente bons (Ian Scheckter, Torsten Palm, Harard Hrtl, Brad Lunger, Jochen Mass, Patrick Tambay, Gilles Villeneuve (numa só corrida), Bruno Giacomelli) e não teve companheiro de equipe nas temporadas 1973 e 1979. Temos que levar em consideração esse fator, como preponderante no sucesso do Hunt dentro das suas equipes, apesar dele ter sido um excelente piloto.

 

Hunt, Vettel e Verstappen (até o momento) jamais tiveram um campeão do mundo como companheiro de equipe.

FOI BATIDO UMA VEZ DENTRO DA EQUIPE:

Fangio (1): Farina (50)

Moss (1): Fangio (55)

Jones (1): Reutemann (81)

Rosberg (1): Prost (86)

Senna (1): Prost (89) (*)

Leclerc (1): Sainz (2021)

(*) Em 1994 Senna morreu, não considerei.

 

FOI BATIDO DUAS VEZES DENTRO DA EQUIPE:

Clark (2): Ireland (60 e 61)

Stewart (2): Hill (65 e 66)

Fittipaldi (2): Rindt (70), Rosberg (80)

Prost (2): Lauda (84) e Senna (88) (*)

Damon Hill (2): Prost (93) e Frentzen (99)

Verstappen (2): Ricciardo (2016 e 2017)

 

(*) Em 1980 Prost correu 3 corridas a menos que John Watson (Afr, EUA I e EUA II), e contando apenas as corridas que correram juntos ele não saiu derrotado por John Watson.

FOI BATIDO 3 VEZES DENTRO DA EQUIPE:

Farina (3): Fangio (51) e Ascari (52 e 53)

Gurney (3): Brooks (59) e Phill Hill (59), Graham Hill (60)

Rindt (3): McLaren (65), Surtees (66), Rodriguez (67) (*)

Piquet (3): Lauda (79), Patrese (82) e Mansell (86) (**)

Hakkinen (3): Senna (93), Coulthard (97 e 2001)

Vettel (3): Ricciardo (2014), Leclerc (2019 e 2020)

Hamilton (3): Button (2011), Rosberg (2016) e Russell (2022) (***)

(*) Em 1966, Rindt perdeu para Surtees nas corridas que correram juntos pela Cooper.

(**) Não contei em 1978, pois Piquet correu por três equipes diferentes (Ensign, McLaren e Brabham).

(***) Em várias corridas Hamilton correu para testar a Mercedes, às vezes com acertos não ideais para a pista.

FOI BATIDO 4 VEZES DENTRO DA EQUIPE:

Ascari (4): Manzon (54), Marinon (54), Hawthorn (54), Castelotti (55)

Phil Hill (4): Hawthorn (58), Collins (58), Musso (58), Brooks (59)

Graham Hill (3): Allison (58), Ireland (59), Brooks (61) e Rindt (69)

Surtees (4): Ireland (60), Bandini (66), McLaren (70), Hulme (70) (*)

Scheckter (4): Hulme (72), Revson (73), Hulme (73), Villeneuve (80)

Schumacher (4): Piquet (91) e Rosberg (2010, 2011 e 2012) (**)

Nico Rosberg (4): Webber (2006), Hamilton (2013, 2014 e 2015)

Alonso (4): Trulli (2004), Hamilton (2007), Button (2015) e Ocon (2022) (***)

 

(*) Em 1960, nas corridas que correu, ele só perdeu para Ireland. Nas corridas que ele fez com Bandini em 66, ele perdeu nos pontos. Em 70 nas corridas que ele fez com McLaren e Hulme, perdeu nos pontos. Em 72 Surtees correu algumas corridas, eu não considerei.

(**) Em 1999, Schumacher quebrou as pernas, ficou várias corridas de fora, por isso não considerei.

(***) Em 2007 Alonso empatou no número de pontos e vitórias com Hamilton.

FOI BATIDO 5 VEZES DENTRO DA EQUIPE:

Jacques Villeneuve (5): Hill (96), Button (2003), Alonso (2004), Massa (2005) e Heidfeld (2006)

 

FOI BATIDO 6 VEZES DENTRO DA EQUIPE:

Hulme (6): Gurney (65), Brabham (65), Brabham (66), McLaren (69), Revson (73), Fittipaldi (74)

Lauda (6): Peterson (72), Regazzoni (73 e 74), Watson (82 e 83), Prost (85) (*)

Raikkonen (6): Heidfeld (2001), Coulthard (2002), Massa (2008), Alonso (2014) e Vettel (2015 a 2018)

Button (6): Ralf (2000), Fisichella (2001), Barrichello (2008), Hamilton (2010 e 2012), Alonso (2016)

 

(*) Não contei 1971, pois Lauda correu uma só corrida.

FOI BATIDO 8 VEZES DENTRO DA EQUIPE:

Farina (8): Fangio (51), Ascari (52 e 53), Trintgnant (54 e 55), Gonzalez (54), Hawthorn (54) e Castellotti (55)

Mansell (8): De Angelis (81, 82 e 84), Rosberg (85), Piquet (87), Prost (90), Hill (94) e Hakkinen (95) (*)

(*) Não contei 1980, pois Mansell correu uma só corrida.

FOI BATIDO 9 VEZES DENTRO DA EQUIPE:

Brabham (9): Moss (58), McLaren (61), Clark (62), Gurney (63, 64 e 65), Hulme (67), Rindt (68), Ickx (69)

Hawthorn (9): Ascari (53), Farina (53 e 55), Gonzalez (54), Castellotti (55), Trintgnant (55), Frère (55), Behra (56), Musso (57) (*)

Andretti (9): Hill (69), Siffert (69), Rindt (69), Ickx (71 e 72), Regazzoni (71 e 72), Reutemann (79), De Angelis (80) (**)

(*) Em 1956 nas corridas que correu Hawthorn perdeu só para Behra.

(**) Em 1968 Andretti correu uma corrida, por isso não contei.

bottom of page