top of page

FITTIPALDI, O MAIS IMPORTANTE PILOTO BRASILEIRO DA F1

Emerson_Fittipaldi.jpg

O Automobilismo Mundial sempre foi centrado na Europa e nos Estados Unidos. Queiram ou não queiram, os pilotos sulamericanos eram vistos com desconfiança pelos europeus (haja vista a infeliz declaração de Helmut Marko sobre Perez em setembro de 2023). Fangio também passou por isso, não foi bem tratado dentro da Ferrari em 1956, se desentendeu com Enzo Ferrari, foi campeão e saiu da equipe.

Para o Brasil Wilsinho Fittipaldi foi o pioneiro para uma equipe brasileira na F3 e na F1 e logo em seguida, Emerson Fittipaldi teve papel fundamental, para romper o paradigma e abrir caminho para os pilotos brasileiros na F1 e na Indy.

Em 1969 Fittipaldi chegou na Europa e ganhou os campeonatos de F Ford e F3 Inglesa. Na F3 Inglesa, ele fez um feito surpreendente: entrou no campeonato em junho (Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=9aOVwTrSUPg&t=16s) e ainda assim foi o campeão, com 8 vitórias em 11 corridas (recorde até Piquet em 78 e Senna em 83 ganharem 13 corridas).

 

Isso chamou muito atenção de Colin Chapman que lhe deu uma oportunidade na equipe Lotus em 1970. No 1o teste com a Lotus 49 C em Silverstone, ele marcou 1m22s6 e foi 1 décimo mais rápido do tempo que Jo Siffert havia feito no treino do GP Inglaterra 1969 com o mesmo Lotus 49C.

1o teste Emerson Fittipaldi 05071970.jpg

                                                                          Jornal O Globo de 05/07/1970

Ele entrou na F1 no meio da temporada de 1970, mesmo com um modelo Lotus 49C defasado, ele estava andando no mesmo nível, e às vezes até melhor que os segundos pilotos (John Milles e Reine Wisell). Com a morte de Jochen Rindt, foi lhe dada a chance de ser o primeiro piloto da Lotus e no GP EUA 1970 aconteceu a primeira vitória do Brasil na F1 com Emerson Fittipaldi no volante.

Em 1971 com a problemática "Lotus turbina" ele não teve bons resultados.

 

Em 1972 o brasileiro veio a se sagrar campeão pela equipe Lotus, disputando contra o grande Jackie Stewart. Até hoje Emerson foi o único campeão da história da F1 que marcou todos os pontos por sua equipe durante a temporada de 1972.

Em 1973, Emerson começou bem, mas uma série de quebras no meio do campeonato e a briga com Colin Chapman, lhe tiraram as chances de título.

 

Em 1974, Emerson se transferiu para a McLaren fez uma luta feroz contra Regazzoni e Lauda na fortíssima Ferrari, e se tornou o primeiro piloto campeão pela lendária equipe McLaren na F1.

Em 1975, a dupla Lauda-Ferrari dominou completamente a temporada. Emerson foi "o melhor do resto", foi o vice campeão e ainda acertou o carro para Hunt ser campeão no ano seguinte (isso foi dito pelo próprio Hunt).

Em 1976 ele foi para a Copersucar/ Fittipaldi conseguindo alguns pódios ao longo das temporadas subsequentes, ótimos resultados levando em conta a qualidade do equipamento.

Fora as conquistas na F1, Emerson Fittipaldi foi o primeiro brasileiro a ganhar as 500 milhas de Indianápolis em 1989 e 1993, mostrou nos Estados Unidos o talento dos pilotos brasileiros e mais uma vez abriu as portas, dessa vez no automobilismo norte-americano (F Cart, Champ Car, F Indy, IRL).

Por tudo isso, Emerson Fittipaldi jamais pode ser esquecido, ele foi o piloto brasileiro MAIS IMPORTANTE para automobilismo brasileiro.

CURIOSIDADE: Emerson Fittipaldi não fez nenhuma VMR nos anos que ele foi campeão na F1 (72 e 74), mostrando que ele era um piloto que sabia poupar o carro e não andava no limite para chegar nos finais das corridas.

bottom of page