top of page

GRANDES DUPLAS DE PILOTOS DA F1

Essa página é dedicada aos pilotos que formaram as maiores duplas de pilotos da F1 numa mesma equipe.

1) Senna-Prost em 88 e 89:

A dupla Senna e Prost na McLaren é considerada a maior rivalidade da história da F1, por que eram os dois melhores pilotos da F1 na época, dois GÊNIOS duelando dentro da mesma equipe. Ambos eram rápidos, ambos eram talentosos, ambos eram destruidores de companheiros de equipe. Senna acertador de motores e ótimo na escolha de pneus. Já Prost era exímio acertador de chassis e de aerodinâmica, mas também era o maior manipulador da mídia da F1. Tinha tudo para dar errado... e claro que deu errado.

Temporadas: Senna 1 x 1 Prost

senna-prost-1989.webp

2) Piquet-Mansell em 86 e 87:

 

Piquet Mansell foi uma dupla que tinha tudo para dar errado, pois Piquet fez tudo para rachar a equipe, mas o inglês ignorou as provocações de Piquet. Na verdade Mansell era um piloto talentoso, mas tinha perdido para seus companheiros de equipe (De Angelis e Rosberg) e isso fez Piquet pensar que seria fácil derrotá-lo. Mas quando o LEÃO sentou num carro acertado pelo brasileiro, ele pode mostrar todo o seu talento e surpreendeu Piquet.

Temporadas: Piquet 1 x 1 Mansell

nelson-piquet-nigel-mansell.jpg

3) Alonso-Hamilton em 2007:

 

Quando Schumacher se aposentou em 2006, todos pensaram que Alonso e Raikkonen dominariam a F1. Baita engano... surgiu um piloto supertalentoso chamando Lewis Hamilton. Sorte de Schumacher e azar de Alonso e Raikkonen. A briga entre o espanhol e o inglês, começou com a atitude desonesta do Alonso no treino da Hungria, depois houve denúncia de roubo de projeto da Ferrari, que culminou com a demissão de Alonso da McLaren.

Temporadas: Hamilton 1 x 0 Alonso (empate nos pontos)

Hamilton_Alonso_2007.jpg

4) Lauda-Prost em 84 e 85:

 

Em 1984, o francês Alain Prost correu pela McLaren, e fez uma dupla fortíssima com Niki Lauda, resultado: Lauda foi campeão em 84 e Prost foi campeão em 85, ambos venceram 18 corridas das 32 corridas dessas temporadas, sendo que em 84 Niki Lauda ganhou por 0,5 ponto. O francês arranjou "treta" em três das quatro equipes que correu (Renault, McLaren e Ferrari) e só não deu errado com Lauda, pois o francês sabia que o austríaco iria aposentar e a estrutura da McLaren iria ficar toda a sua disposição.

Temporadas: Lauda 1 x 1 Prost

Lauda_Prost.jpg

5) Fangio-Moss em 55:

 

Em 1955 a Mercedes contratou Stirling Moss para ser piloto da Mercedes e fazer dupla com Fangio, o argentino dominou a temporada e foi campeão, mas Stirling Moss andou próximo de Fangio a temporada toda, chegando a derrotar o argentino no GP Inglaterra de 1955. Com certeza eram os dois melhores pilotos da F1 correndo na mesma equipe.

Temporadas: Fangio 1 x 0 Moss

Fangio_Moss.jpg

6) Clark-Hill em 67 e 68:

Graham Hill era um piloto respeitado na F1, quando ele foi para a Lotus em 1967 dividir a equipe com Jim Clark, esperava-se que ele fosse dar trabalho ao "escocês voador", mas ele foi dominado totalmente por Clark. O mais interessante é que ambos mantiveram uma boa relação e se respeitaram dentro e fora das pistas.

Temporadas: Clark 2  x 0 Hill (OBS: Clark morreu no começo da temporada de 68)

Clark, Hill 67.jpg

7) Fittipaldi-Peterson em 73:

 

Em 1973, Colin Chapman formou uma dupla fortíssima na Lotus: Ronnie Peterson um piloto arrojado e muito rápido e Emerson Fittipaldi um piloto acertador de carros e cerebral. Naqueles dias, sem telemetria, ter um piloto acertador de carros era muito importante, mas Chapman errou ao dar preferência ao sueco e preterir o brasileiro dentro da equipe Lotus. Resultado: Emerson saiu da Lotus e foi para a McLaren, sendo campeão em 1974, enquanto a Lotus sem o Emerson ficou perdida para acertar o carro em 1974.

Temporadas: Fittipaldi 1 x 0 Peterson

Peterson-Fittipaldi_73.JPG

8) Hamilton-Rosberg 2013 a 2016:

 

Hamilton e Nico Rosberg eram amigos desde o kart, mas bastou dividir a mesma equipe de F1 com chances de título, para ficarem inimigos.

 

Em 2014 Rosberg fez a pole e venceu no GP Mônaco, numa situação controversa, ele perdeu o controle numa das curvas no final do Q3, foi dada bandeira amarela e com isso Hamilton não pôde lhe tirar a pole. Em 2016, Nico liderou a equipe Mercedes no acerto do carro, e tudo indica que ele escolheu acertos que não se adaptavam ao estilo do Hamilton de guiar, por isso ele dominou o inglês em várias corridas e foi campeão no final do ano, usando a inteligência para correr.

Temporadas: Hamilton 3 x 1 Rosberg

Rosberg_Hamilton_2016.webp

9) Prost-Mansell em 90:

 

Uma dupla muito forte que tinha tudo para dar certo era Prost-Mansell em 1990, pois o carro da Ferrari era bom e rivalizava com a McLaren de Senna e Berger. Mas o francês chegou na Ferrari exigindo tratamento de primeiro piloto (apesar dele negar isso até hoje) e os dirigentes da Ferrari tiveram que pedir para Mansell renunciar sua posição de primeiro piloto (Anuário FS 1989 pg 35). O Leão não gostou das sacanagens internas do Prost, teve inúmeras quebras durante a temporada e resolveu sair da equipe. Para o ano seguinte, Nigel assinou com a Williams, vetou o francês e surpreendentemente se tornou amigo de Senna. Desse convívio com o francês, Mansell talvez tenha descoberto a "verdadeira face" de Alain Prost.

Temporadas: Prost 1 x 0 Mansell

Segue um vídeo após o GP Portugal 92, quando Senna fala mal de Prost e Mansell concorda com ele. Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=qFZKkK6odgY

Prost_Mansell-90.jpg
bottom of page